Cristina Fernandes

A hipnose é um estado de consciência alterada, semelhante ao "transe", durante o qual o indivíduo sente um profundo relaxamento físico e emocional.

 

A Hipnoterapia possibilita o acesso ás raízes profundas de problemas psicológicos e psicossomáticos. A hipnose é considerado um estado natural do ser humano, acontecendo espontaneamnete quando estamos focados em algo com toda a nossa atenção. Recorrendo á hipnoterapia, o paciente:

  • Mobiliza e dinamiza os seus próprios recursos
  • Vive experiências emocionais correctoras
  • Activa a sua mudança, reestruturação e melhoria

Este estado caracteriza-se por um profundo bem-estar, concentração, e uma atenção voltada para o interior.Esta “focalização interna” possibilita um trabalho psicológico ao nível do inconsciente e uma acção efectiva da mente sobre o corpo, conseguindo resultados positivos e duradouros.
Indicações:
Ansiedade, Depressão e Stress, Crises de Pânico, Traumas, Medos e fobias, Luto e Perda, Desporto, exames escolares, treino mental, Doenças Psicossomáticas (psoríase, urticária nervosa, etc), Doenças Neuro-degenerativas (Fibromialgia, artrite reumatóide, etc.), Controlo de adições (tabaco, alcool,drogas), Perturbações alimentares (anorexia, Bulimia, excesso de peso)

MARCAÇÃO DE CONSULTAS:
cristina.sofia.fernandes@outlook.com
TM.917845411
LISBOA - OEIRAS - QUELUZ - BENFICA - QUINTA DO CONDE/SETÚBAL - PORTO

Hipnoterapia  -  Hipnose Ericksoniana, Psicoterapia Transpessoal

Regressão  -  Terapia Regressiva e Projecção no Futuro

Regressão Vidas Passadas  -  Terapia de Vidas Passadas

Contactos:

Nome: Cristina Fernandes
Telemóvel: 917845411
Facebook: CristinaFernandesHipnoterapeuta
Website: http://cristinasfernandes.wix....

 

Morada:

Av.Rio de Janeiro, 26 - 2º dto
2780-292
OEIRAS
Oeiras
Lisboa

Portugal

 

http://www.scoop.it/u/cristina-fernandes-1

 

Formulário de Contacto

 

Insira as palavras que está a ver acima Insira os números que está a ouvir

“Não voltamos à experiências passadas e vidas passadas, mas ao passado retido, que carregamos agora.”  Hans Tendam

A terapia regressiva procura ir à origem do problema do paciente, seja ele do tempo desta vida, da vida intra-uterina, duma vida passada ou do tempo entre vidas. Na Terapia Regressiva trabalha-se com os chamados “estados alterados de consciência”, embora o paciente esteja consciente durante o tratamento. Se aceitarmos que alguns dos nossos sofrimentos e conflitos actuais são consequência das nossas acções do passado, ao revivermos o passado descarregamos as emoções que nos ligam a esses momentos, ressignificando e libertando-se desses condicionalismos e encontrando os meios para a integração e equilíbrio de todas as experiências.
A Terapia regressiva é uma forma de terapia que utiliza memórias inconscientes de factos passados para solucionar problemas e dificuldades que se manifestam no momento presente.
Durante a regressão, o paciente encontra-se num estado alterado de consciência e totalmente focado na sua experiência, mas continua consciente,  e pode julgar e avaliar tudo o que acontece.
A hipnose, conduzida até estágios mais profundos, é utilizada em casos específicos. Na maioria das vezes a regressão dá-se rapidamente através do foco numa emoção que provoca um ou mais sintomas fisicos. Há tantas formas de regredir como pessoas e cada caso é um caso único. Há pessoas que visualisam claramente enquanto que outras constroem as imagens com base em sensações ou em pensamentos que surgem durante o processo. Para algumas é necessário o relaxamento enquanto que para outras resulta melhor a intensificação da tensão. O terapeuta deve ter a sensibilidade para conduzir cada processo de acordo com as caracteristicas de cada pessoa.
O uso das técnicas indutivas permite que o paciente mantenha-se plenamente consciente durante a regressão. Este estado de plena consciência ajuda, e muito, a atingir a cura. Muitas vezes o passado continua a projectar-se no presente produzindo sofrimento e dificuldades. Nestes casos, o motivo para recordar e reviver o passado é justamente conseguir com que o mesmo deixe de actuar negativamente na vida da pessoa, o que implica consciência cognitiva.
No processo terapêutico, a recordação e revivência do passado são o primeiro momento. O segundo momento é ajudar a mente a ressignificar a experiência e a reorganizar-se. É com esta ressignificação e reorganização que conseguimos atingir os resultados positivos.